On News: confira as notícias dessa quarta-feira, 9/10
08/10/2019 22:53 em Novidades

Projeto Futuridade FabLab está capacitando desempregados para ações empreendedoras (Foto: Prefeitura Municipal)

 

CIDADE

- Na última terça-feira, dia 8, um homem foi preso pela Polícia Militar por molestar um estudante de 11 anos no banheiro do Terminal Central de Linhas Urbanas, no centro de Poços de Caldas. O garoto estava no banheiro no momento em que o criminoso tentou tirar as suas calças, porém, a vítima conseguiu fugir a pedir por socorro. Temendo ser agredido pelas pessoas próximas, o homem fugiu, mas acabou sendo localizado pelos policiais nas imediações da Praça Dom Pedro II. O autor deverá responder pelo crime de estupro de vulnerável e sua participação em ocorrências semelhantes também será investigada.

- Por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social, a Prefeitura de Poços de Caldas está patrocinando o projeto Futuridade FabLab de Empreendedorismo Social. A iniciativa realiza oficinas de capacitação sobre empreendedorismo, apresentando alternativas de inovação, sustentabilidade e desenvolvimento econômico para desempregados usuários do Cadastro Único para Programas Sociais. O curso conta com 17 inscritos e as oficinas são realizadas semanalmente na sede da secretaria, no Terminal Rodoviário. Este é o primeiro ano em que a Secretaria Municipal de Promoção Social é incluída nos editais de patrocínio da Prefeitura, com 12 iniciativas contempladas pelo investimento total de R$ 200 mil.

- Entre as atividades relacionadas ao Outubro Rosa, mês voltado para conscientização e prevenção ao câncer de mama, o Shopping Poços de Caldas recebe a exposição fotográfica “Nossos Retratos”. Ao todo, são 18 painéis com mulheres que passam ou passaram por tratamento contra o câncer, acompanhados por textos de jornalistas e escritores da cidade. A iniciativa é uma parceria do shopping com o Grupo de Assistência e Apoio ao Paciente Oncológico (Gaapo). Para o dia 24, está previsto o lançamento do calendário 2020 do Gaapo, que busca levantar fundos para o movimento.

 

BRASIL

- Até a última segunda-feira, dia 7, a Petrobras já havia recolhido 133 toneladas de resíduos contaminados pela mancha de óleo que atinge diversas praias do Nordeste. Segundo o Ibama, o material é petróleo cru que, desde o dia 2 de setembro, se espalhou por nove estados. Estudo da Petrobras concluiu que o óleo não é produzido, comercializado e nem transportado pela estatal. Um relatório da companhia afirma que os resíduos são uma mistura de óleos venezuelanos. No momento, são consideradas três hipóteses para o acontecido: navio afundado, acidente em passagem de óleo e despejo criminoso.

 

MUNDO

- Manifestantes invadiram, na última terça-feira, dia 8, o prédio da Assembleia Nacional do Equador, na capital Quito. Após os policiais retirarem o grupo do local, o presidente equatoriano, Lenín Moreno, decretou toque de recolher noturno em áreas ao redor de prédios públicos. O país enfrenta uma onda de protestos desde a disparada do preço dos combustíveis na semana passada, provocada pelo fim dos subsídios, decretado pelo governo. A medida atende a um acordo assinado com o FMI para a concessão de um empréstimo de US$ 4,2 bilhões. Na noite de segunda-feira, Moreno já havia anunciado a transferência da sede do governo para a cidade de Guayaquil.

COMENTÁRIOS