On News: confira as notícias dessa segunda-feira, 12/8
11/08/2019 21:52 em Novidades

Novo semáforo na Avenida Padre Francis Cletus Cox visa dar mais segurança a deficientes visuais (Foto: Prefeitura Municipal)

 

CIDADE

- A Nutrire, empresa do ramo de alimentação para cães e gatos, está ampliando sua planta no Distrito Industrial de Poços de Caldas. Com as obras, a área construída chegará a 10 mil m2, com perspectiva de incremento de R$ 1 milhão no faturamento mensal. Os serviços de ampliação tiveram início há três meses e devem ser concluídos até setembro e os investimentos somam R$ 2 milhões. A fundação e piso já foram finalizados, restando a instalação da estrutura metálica. Somente durante a primeira etapa da obra foram gerados aproximadamente 25 postos de trabalho em construção civil.

- Foi instalado um novo conjunto de semáforos em um dos cruzamentos da Avenida Padre Francis Cletus Cox, na zona oeste de Poços de Caldas, permitindo que pessoas com deficiência visual possam realizar a travessia com maior segurança. O equipamento atende demanda da Associação de Assistência ao Deficiente Visual (AADV), que assiste cerca de 80 pessoas diariamente. Após acionado o botão, um dispositivo emite mensagem sonora para o pedestre aguardar. Depois, um novo alerta auditivo autoriza a travessia, que será acompanhada por um outro sinal sonoro, que permanecerá acionado o tempo que durar o trajeto, com o trânsito permanecendo fechado para veículos nesse intervalo.

- Ao menos 4 empresas foram alvo de fiscalização pelo DMAE na semana passada. O procedimento se deu após fotos circularem pelas redes sociais mostrando tintas nas cores azul e vermelha se misturando com as águas que desaguam pela rede de esgoto no Ribeirão Poços de Caldas, que percorre as avenidas João Pinheiro e Mansur Frayha, na zona oeste da cidade. Tão logo recebeu as denúncias, o DMAE enviou fiscais para visitar empresas próximas que poderiam ser responsáveis pelo acontecido, o que configura crime ambiental.

 

BRASIL

- O Ministério do Meio Ambiente da Alemanha suspendeu o financiamento de projetos para a proteção da Amazônia brasileira, anunciou a ministra responsável pela pasta, Svenja Schulze, em entrevista ao jornal "Tagesspiegel". Em um primeiro momento, serão suspensos projetos no valor de R$ 155 milhões. Segundo o Ministério do Meio Ambiente alemão, desde 2008 já foram disponibilizados R$ 425 milhões por meio de projetos de proteção florestal no Brasil. A Alemanha também apoia o Fundo Amazônia, onde o Ministério alemão da Cooperação Econômica já injetou até agora R$ 245 milhões, iniciativa que não será suspensa. Os alemães questionam o compromisso do governo brasileiro com as causas ambientais.

 

MUNDO

- Em comunicado, a Rosatom, agência nuclear russa, reconheceu que a explosão ocorrida na última quinta-feira, dia 8, em uma base de lançamento de mísseis próxima do Ártico, teve um caráter nuclear, deixando cinco mortos. O Exército russo e um porta-voz do governador regional declararam que não houve contaminação radioativa. Porém, a prefeitura de Severodvinsk, cidade de 190 mil habitantes localizada a 30 quilômetros da base, afirmou em seu portal que seus detectores registraram um breve aumento da radioatividade. A publicação foi retirada do ar pouco depois.

COMENTÁRIOS