On News: confira as notícias dessa sexta-feira, 9/8
08/08/2019 23:45 em Novidades

Gramado do Bandolão receberá a final do Interbairros no próximo sábado (Foto: Prefeitura Municipal)

 

CIDADE

- Sérgio Azevedo, prefeito de Poços de Caldas, promoveu duas alterações em sua equipe de governo, publicadas na última quinta-feira, dia 8, no Diário Oficial do Município. Para o cargo de diretor-presidente do DMAE, foi nomeado o ex-prefeito Paulo César Silva. Ele assumirá o lugar de Antonio Roberto Menezes, que já havia solicitado sua exoneração em julho. Outra modificação acontece na Secretaria de Turismo, onde o engenheiro e jornalista Ildeu Pereira assume o lugar de Ricardo Fonseca de Oliveira, que foi para a Secretaria da Cultura, vaga desde a saída de Hudson Villas Boas, em março.

- Ao longo da semana, a Polícia Rodoviária Federal e a Receita Federal intensificaram as ações de fiscalização contra o comércio de produtos ilegais. A esforço envolve a segunda fase da operação Caminho Certo, responsável por apreender, no sul e sudoeste de Minas Gerais, mais de R$ 1 milhão em mercadorias como eletrônicos, peças de vestuário, brinquedos e bijuterias. Os responsáveis irão responder pelo crime de descaminho, quando não há o devido pagamento de tributos pela entrada dos produtos no país, cuja pena pode chegar a 4 anos de reclusão.

- No próximo sábado, dia 10, acontece a final do Campeonato Interbairros de Futebol de Campo. Jardim Ipê e Fazenda Chiqueirão vão disputar a taça às 3 horas da tarde, no estádio municipal Benedito Bandola, o Bandolão, com entrada é gratuita. Nas semifinais, o Ipê ganhou do Boa Vista por 2 a 0. Já Chiqueirão empatou em 0 a 0 com o Maria Imaculada, classificando-se pela maior pontuação. Serão premiados também o artilheiro e o goleiro menos vazado do campeonato. O Interbairros é realizado numa parceria entre a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, a Associação de Árbitros de Poços de Caldas e a Liga Poços-Caldense de Futebol.

 

BRASIL

- A Advocacia Geral da União (AGU), o Ministério da Justiça e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) entraram em acordo para liberar a divulgação de estudo sobre uso de drogas no Brasil. A pesquisa custou 7 milhões de Reais e agora está disponível na internet. Segundo o parecer, não existe uma epidemia do uso de drogas no país, resultado do qual o Governo Federal discorda. Segundo a nota divulgada pela AGU e pelo Ministério da Justiça, o objetivo da liberação é promover a transparência e acesso aos dados científicos da pesquisa.

- O Senado aprovou na última quinta-feira, dia 7, projeto proibindo que animais sejam juridicamente tratados como coisas. A proposta estabelece como objetivos fundamentais a afirmação dos direitos dos animais não humanos e sua proteção; a construção de uma sociedade mais consciente e solidária; e o reconhecimento de que os animais não humanos possuem natureza biológica e emocional, sendo sencientes e passíveis de sofrimento. O texto, de autoria do deputado Ricardo Izar (PP-SP), chegou ao Senado em 2018. Como foi alterado pelos senadores, a proposta terá de voltar para análise da Câmara dos Deputados.

 

MUNDO

- Autoridades da Índia detiveram ao menos 300 políticos e separatistas Caxemira para conter a recente onda de protestos. Desde o último domingo, dia 4, o governo indiano suspendeu os serviços de telefonia móvel e internet e proibiu reuniões públicas em Srinagar, a maior cidade da região. A repressão vem após o governo apresentar projeto que retira da Caxemira, de maioria muçulmana, seu status especial e o direito de formular suas próprias leis. A medida pretende aumentar o controle sobre a região, onde uma revolta armada ocorre desde 1989.

COMENTÁRIOS