On News: confira as notícias dessa quinta-feira, 4/7
03/07/2019 23:52 em Novidades

Visando atender ao maior fluxo de turistas de julho, Teleférico vai ter novo horário de funcionamento (Foto: Prefeitura Municipal)

 

CIDADE

- O prefeito Sérgio Azevedo assinou, na tarde da última quarta-feira, dia 3, Memorando de Entendimento com a empresa alemã ProReSus Gmbh para um estudo de viabilidade do Monotrilho. O interesse partiu da própria empresa, que procurou a Prefeitura ao saber que o município havia retomado a ideia de reativar o equipamento. O estudo será realizado pela empresa TUVRheinland, que já realizou projetos semelhantes para monotrilhos em São Paulo, Salvador e Manaus. Os custos do estudo serão exclusivos da empresa ProReSus GmbH, financiada pelo governo alemão, com conclusão prevista para dezembro deste ano.

- Na última segunda-feira, dia 1º, o bairro Jardim Kennedy, na zona sul de Poços de Caldas, recebeu a visita de comissão da Câmara de Vereadores que visa elaborar soluções para as frequentes enchentes no local. Fazem parte da comissão os parlamentares Pedro Magalhães, Wilson Rodrigues, Lucas Arruda, Álvaro Cagnani e Paulo Tadeu. Juntamente com secretários da prefeitura, eles conferiram as obras de instalações de gabiões no córrego da Avenida Platina. A comissão já enviou requerimento solicitando informações da Prefeitura sobre a concessão de auxílio-moradia para residentes em áreas de grande risco de inundação.

- Por conta das férias de julho, o Teleférico de Poços de Caldas teve seu horário de funcionamento alterado. Sendo assim, nos dias de segunda-feira, quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira e sábado, o Teleférico funciona das 8 horas da manhã até as 5 horas da tarde. Aos domingos, o horário de funcionamento é das 8 horas da manhã até as 4 horas da tarde. Já às terças-feiras, o equipamento fecha para manutenção. O horário especial segue até dia 4 de agosto. Em julho de 2018, o Teleférico bateu recorde de usuários, com 17.366 passageiros, movimento 16% maior que no ano anterior. Mais informações pelo telefone 3697-2304.

 

https://www.facebook.com/UninterPocosDeCaldas/

 

BRASIL

- Vencedora da licitação do autódromo de Deodoro, no Rio de Janeiro, a Rio Motorpark apresentou como garantia uma carta-fiança de quase 7 milhões de Reais do Maxximus Bank, instituição que não é autorizada pelo Banco Central. Mesmo assim, a prefeitura aceitou a garantia e chegou a afirmar, em nota, que a empresa era um “banco de primeira linha”. A Rio Motorpark foi criada 11 dias antes da licitação ser lançada e tem capital social de 100 mil Reais. Por isso, recorreu ao Maxximus Bank, incluindo a carta-fiança nos documentos do processo de licitação. Além de não ter registro no Banco Central, a Maxximus não é seguradora, de acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep).

 

MUNDO

- A Boeing anunciou que vai pagar 100 milhões de dólares para as comunidades e famílias das vítimas de dois acidentes com o avião 737 MAX, nos quais 346 pessoas morreram no intervalo de cinco meses. Amplamente criticada pela forma como lidou com as duas tragédias, a companhia norte-americana considera a quantia investimento inicial, a ser pago ao longo de vários anos. A empresa enfrenta inúmeros processos abertos pelas famílias das vítimas, algumas das quais compareceram em coletivas de imprensa e em audiências no Congresso dos Estados Unidos que investigam os desastres.

https://www.facebook.com/primorcursos/

COMENTÁRIOS