On News: confira as notícias dessa segunda-feira, 29/4
28/04/2019 23:00 em Novidades

Em último jogo-treino antes da Série D, Caldense empatou com a Ferroviária (Foto: Renan Muniz / Caldense)

 

BRASIL

- Por conta da interdição do presidio de Poços de Caldas por superlotação, o plantão da Delegacia Regional da Polícia Civil do último final de semana, que deveria acontecer na cidade, teve de ser transferido para Andradas. A delegacia de Poços conta com apenas duas celas provisórias, com capacidade para dois detentos cada uma. As instalações não têm cama ou banheiro e não há condições de fornecer água ou comida até a transferência para a unidade prisional. O presídio da cidade já havia sido interditado em 2014, após rebelião que terminou com uma morte. Na ocasião, a Justiça limitou a capacidade para 150 pessoas, sendo que 300 detentos estão ali atualmente.

- A Prefeitura de Poços de Caldas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, afirma ter investido o valor recorde de 2 milhões e 988 mil Reais em diversos projetos culturais a serem desenvolvidos durante o ano de 2019. Os números foram anunciados semana passada, durante a solenidade de assinatura dos contratos de concessão de patrocínio, quando estiveram presentes 63 proponentes que tiveram seus projetos aprovados. O novo modelo de patrocínio pela Prefeitura vem substituir a modalidade Patrocínio Direto pelo DME, que foi extinto por força de Lei.

- No último domingo, dia 28, a Caldense promoveu, no Centro de Treinamento Ninho dos Periquitos, a terceira edição do evento “Jogador por um dia”. Os participantes vivenciaram a rotina de um jogador profissional, com treinos físico, técnico e tático, orientados pela própria comissão técnica do clube. Em seguida, houve confraternização e sorteio de brindes. No sábado, o elenco de atletas que vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro empatou por 1 a 1 jogo-treino contra a Ferroviária, em Araraquara, no interior paulista. A estreia no torneio é no próximo sábado, dia 4, contra a Portuguesa-RJ, no Ronaldão.

 

BRASIL

- O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil irá ao Congresso Nacional entregar estudo contrário ao pacote anticrime de Sérgio Moro, ministro da Justiça. Ao menos 10 itens estão sendo alvos de críticas, como a execução antecipada da pena, mudanças no conceito de legítima defesa para os agentes da segurança pública e acordos penais. Para os conselheiros, a medida mais controversa diz respeito a possibilidade de acesso a gravações de conversas entre advogados e clientes em presídios federais. Segundo o documento, um projeto de tamanho impacto não foi precedido de um indispensável debate público.

 

MUNDO

- O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) conseguirá o maior número de assentos no Parlamento da Espanha, após as eleições realizadas no último domingo, dia 28. Sigla do atual primeiro-ministro, Pedro Sánchez, o PSOE vai se aliar ao Unidas Podemos e conseguir entre 160 e 165 cadeiras, menos do que as 176 necessárias para garantir a maioria no Parlamento, precisando também do apoio de alguma das siglas menores. O resultado é uma derrota do Partido Popular, que, em 2016, conseguiu 137 cadeiras. Assim, dificilmente uma coalizão de direita conseguirá chegar ao governo.

COMENTÁRIOS