On News: confira as noticias dessa quarta-feira, 3/4
02/04/2019 22:13 em Novidades

Remoção de entulho ajuda a evitar proliferação do mosquito da dengue (Foto: Prefeitura Municipal)

 

CIDADE

- Na última segunda-feira, dia 1º, um homem de 25 anos foi preso na zona rural de Poços de Caldas, após ser pego abusando sexualmente de uma garota de 10 anos. Na véspera, a menina já havia relatado aos tios as agressões cometidas pelo companheiro da avó, sendo levada até o hospital, onde os médicos não constataram nenhuma lesão. Para confirmar as suspeitas, uma câmera foi instalada no quarto da garota, comprovando as carícias íntimas. Nesse momento, o estupro foi interrompido e a Polícia Militar foi chamada. Após checarem as imagens, os oficiais efetuaram a prisão em flagrante. Segundo a menina, os abusos já ocorriam há quatro anos.

- Ao longo do último sábado, dia 30 de março, mini mutirões de combate ao mosquito Aedes Aegypti foram realizados em diversos pontos de Poços de Caldas. A ação, fruto da parceria entre as secretarias de Saúde e de Serviços Públicos, ocorreu em residências de pessoas que tiveram dengue recentemente, locais com foco positivo do mosquito e áreas denunciados pela população. Foram mobilizados 16 agentes de endemias e quatro motoristas, que atuaram nos bairros Dom Bosco, Estância São José, Jardim Kennedy I, Jardim Kennedy II e Santa Augusta. O resultado total incluiu a retirada de seis caminhões de lixo e entulho.

- Três pessoas procuraram a Polícia Militar ao longo da última segunda-feira, dia 1º, após terem sido vítimas de diferentes golpes. No primeiro caso, uma auxiliar de escritório de 41 anos disse ter entrado em contato via Whatsapp com uma instituição financeira para solicitar um empréstimo. Ela chegou a fazer um depósito de 600 Reais para uma suposta taxa de fiador, antes de perceber o truque. Uma tática quase igual foi usada contra uma cozinheira de 42 anos, que depositou 1.100 Reais, também para receber um falso empréstimo. Já um educador ambiental de 50 anos efetivou transferências bancárias de 6.000 Reais após falar pelo telefone com um estelionatário se passando por seu primo, que estaria com o carro quebrado.

 

BRASIL

- O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, aceitou as duas denúncias contra o ex-presidente Michel Temer feitas pelo Ministério Público Federal, semana passada, no Rio de Janeiro. Além de Temer, o ex-ministro Moreira Franco e mais 11 pessoas se tornaram réus. A primeira denúncia é pelos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e peculato, como é chamado o desvio de dinheiro público para uso próprio. De acordo com a denúncia, foram desviados pelo menos 18 milhões de Reais das obras da usina nuclear de Angra 3. A segunda denúncia trata do pagamento de 1 milhão e 100 mil Reais em propina.

 

MUNDO

- Em entrevista para a Associação de Radialistas do Equador, Lenin Moreno, presidente do país, disse que o australiano Julian Assange, fundador do WikiLeaks, violou os termos de seu asilo na embaixada equatoriana em Londres. De acordo com Lenin Moreno, o ativista teria invadido contas e telefones privados, intervindo na política de países aliados do Equador. Assange se refugiou na embaixada equatoriana em Londres em 2012 para evitar a extradição para a Suécia, onde era investigado por agressão sexual. O caso foi descartado, mas Assange teme ser extraditado para os Estados Unidos, onde promotores federais investigam o WikiLeaks.

COMENTÁRIOS