On News: confira as notícias dessa quinta-feira, 14/3
13/03/2019 22:18 em Novidades

Ato na Câmara irá homenagear Marielle Franco e tratar de assuntos relacionados às mulheres (Foto: www.facebook.com/MarielleFrancoPSOL)

 

CIDADE

- Na última terça-feira, dia 12, foram presos em Poços de Caldas dois homens procurados pela Polícia Civil de Casa Branca, cidade no interior de São Paulo. Eles eram alvos da operação Canastra, que também cumpriu 47 mandados de busca e apreensão e de prisão nas cidades paulistas de Caconde, Tapiratiba, São José do Rio Pardo e Vargem Grande do Sul. As investigações começaram em janeiro de 2018, a partir da prisão de um traficante em Caconde. Outros dois mandados em Poços envolviam criminosos já detidos, enquanto um terceiro não foi encontrado.

- Em declaração ao portal de notícias G1, Sérgio Azevedo, prefeito de Poços de Caldas, afirmou que pretende ter em mãos, dentro de 90 dias, um laudo a respeito da atual situação dos pilares e trens do monotrilho. Segundo Sérgio, a prioridade é colocar o equipamento para funcionar novamente. Inclusive, o prefeito diz já saber de interessados em uma possível licitação para sua exploração. Em janeiro, a Prefeitura retomou a concessão do monotrilho, que pertencia à empresa J. Ferreira Ltda., que abriu mão de qualquer indenização pela construção, mas também não deve entrar com recursos em caso de demolição.

- Acontece nessa quinta-feira, dia 14, às 7 horas da noite, no plenário da Câmara Municipal de Poços de Caldas, ato em homenagem a Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada há um ano. Marielle foi morta a tiros, juntamente com o motorista Anderson Gomes, por conta de sua atuação política ligada aos direitos de minorias. O ato está sendo organizado pelo coletivo Mulheres pela Democracia. Além da homenagem em si, a ocasião também servirá para debater questões que envolvem a representatividade feminina e a violência contra a mulher.

 

BRASIL

- A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo emitiu nota afirmando que vai revisar as normas de segurança em 5.300 unidades de ensino, após o ataque a tiros que matou cinco alunos e dois funcionários da escola Raul Brasil, em Suzano. A oitava vítima foi o dono de uma locadora de veículos próxima ao local. O tiroteio foi realizado em conjunto por Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos. Ao final do massacre, a polícia acredita que Guilherme tenha matado Luiz Henrique e depois se suicidado. De acordo com o governo do estado, as aulas em todas escolas públicas estaduais e municipais de Suzano estão suspensas até a próxima sexta-feira, dia 15.

 

MUNDO

- Nos Estados Unidos, o governador da Califórnia, Gavin Newson, suspendeu as execuções de condenados a morte no estado. Ao todo, 737 detentos aguardavam receber a pena capital nas prisões californianas, o maior número entre todos os estados norte-americanos. Pela rede social twitter, Newson classificou a pena de morte como ineficaz, irreversível e imoral. O governador também argumentou que a Justiça criminal é suscetível a erros, citando que, desde 1973, um total de 164 prisioneiros foram injustamente condenados à morte e libertados posteriormente.

COMENTÁRIOS