On News: confira as notícias dessa quarta-feira, 9/1
08/01/2019 22:48 em Novidades

O russo Fiodor Dostoievski abre o 1º Sarau de Férias do Museu Histórico e Geográfico

 

CIDADE

- Foi sepultada na cidade de Bandeira do Sul na última terça-feira, dia 8, Maria Lopes Grella, de 84 anos, mais conhecida como Dona Ica. Na véspera, o corpo da idosa foi encontrado por uma vizinha dentro da sua casa, localizada no bairro Jardim dos Estados, em Poços de Caldas. A polícia acredita que Dona Ica tenha sido vítima de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. A suspeita é de que os criminosos usaram um pano para amordaça-la, matando-a sufocada. A investigação vai apurar se o caso tem alguma ligação com um furto ocorrido na casa da vítima dias atrás. Dona Ica era viúva e deixa 3 filhos.

- Na última segunda-feira, dia 7, mais duas pessoas procuraram a Polícia Militar de Poços de Caldas por terem sido vítimas de estelionato, totalizando assim quatro casos somente em 2019. Ambas as vítimas afirmam ter contatado pela internet sites que ofereciam empréstimos de dinheiro, sendo convencidas a realizar depósitos para pagamentos de falsas taxas. A PM orienta a população que instituições financeiras sérias não solicitam o pagamento antecipado para liberação de empréstimo. Outra dica é dar preferência para um correspondente ou agência bancária da própria cidade, para tirar dúvidas e evitar armadilhas na internet.

- Começa nessa quarta-feira, dia 9, às 8 horas da noite, o 1º Sarau de Férias, no Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas. O objetivo do evento é destacar, a cada semana, autores importantes, mas que não são muito abordados nas escolas ou na vida cotidiana. Além da leitura de textos, haverá um especialista falando sobre cada escritor. O projeto tem apoio da Biblioteca Centenário, localizada no Espaço Cultural da Urca. A primeira edição tratará do autor russo Dostoievsky, seguido por Mário Quintana, no dia 16, Gabriel Garcia Marquez, no dia 23, e Nietzsche, no dia 30. A entrada é gratuita e mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3697-2197.

 

BRASIL

- O Ministério Público de São Paulo recebeu da ativista Sabrina Bittencourt, da força-tarefa Somos Muitas, documentos sobre possíveis novos crimes do médium João de Deus. O órgão irá analisar os papeis para decidir se instaura inquérito e denúncia. O material entregue por Sabrina contém supostos depoimentos e provas de participação do médium em uma quadrilha que traficou bebês e escravizou mulheres por 20 anos. João de Deus está preso desde 16 de dezembro na cidade de Aparecida de Goiânia, em Goiás, por centenas de acusações de estupro e abuso sexual. A defesa tenta a prisão domiciliar, mas a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, já se declarou contrária.

 

MUNDO

- O Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) da Venezuela convocou o chefe de Estado, Nicolás Maduro, para empossá-lo na próxima quinta-feira, dia 10, como presidente reeleito. Maduro obteve a vitória em uma eleição apontada como fraudulenta pela oposição e não reconhecida por vários governos, incluindo o Brasil. O presidente do Supremo, Maikel Moreno, disse que o líder chavista não fará seu juramento diante da Assembleia Nacional. Em 2016, o Supremo declarou a Assembleia em desacato após parlamentares antichavistas assumirem maioria. Desde então, Maduro não presta contas aos deputados, enquanto o restante dos poderes públicos, próximos do Poder Executivo, não levam em conta as decisões do Legislativo.

COMENTÁRIOS