On News: confira as notícias dessa sexta-feira, 4/1
03/01/2019 22:14 em Novidades

Tradição secular, encontro de Folia de Reis terá participação de nove companhias (Foto: Prefeitura Municipal)

 

CIDADE

- Após impasse envolvendo a distribuição gratuita dos kits escolares de 2019 para os alunos da rede pública de Poços de Caldas, a prefeitura e as papelarias chegaram a um acordo. Três dos quatro estabelecimentos credenciados aceitaram o novo cronograma de pagamento, discutido em reunião na última quinta-feira, dia 3. As papelarias cobravam garantias da prefeitura, uma vez que parte do pagamento dos kits de 2018 ainda está em atraso. A distribuição dos kits escolares ficou sob risco após o decreto de Calamidade Financeira no município, publicado semana passada. O material escolar custa anualmente aos cofres públicos cerca de 1 milhão e 800 mil Reais.

- Na noite da última quarta-feira, dia 2, a Polícia Militar de Poços de Caldas prendeu pai e filho por receptação de veículos furtados. Incialmente, a PM foi acionada por um chamado relatando uma briga na Rua Vinícius de Moraes, no bairro Chácara Alvorada, na zona leste da cidade. Chegando ao local, os oficiais constataram que W.G.A., de 20 anos, e seu pai, P.C.A., de 39 anos, conduziam duas motos furtadas na mesma data, com placas de Monte Santo de Minas e Santa Rita de Caldas. Eles disseram ter comprado as motos pelo valor de 50 Reais cada. O filho foi preso na hora, enquanto o pai tentou fugir, mas acabou localizado e detido.

- No próximo sábado, dia 5, acontece o tradicional Encontro de Folia de Reis, a partir da 1 hora da tarde, na Igreja Matriz, no centro de Poços de Caldas. Ao todo, nove companhias vão participar. A folia de reis tem origem europeia e foi introduzida no Brasil no século 19, tornando-se um costume folclórico e religioso de grande devoção, especialmente em Minas Gerais. Ao longo da tarde, os foliões, cantadores e tocadores, comandados pelo embaixador ou mestre, sairão em direção a vários lugares. Em 2018, o Conselho Estadual de Patrimônio de Minas Gerais reconheceu a Folia de Reis como patrimônio cultural imaterial do estado.

- Estão abertas as inscrições para duas oficinas gratuitas de férias no Instituto Moreira Salles (IMS) de Poços de Caldas. A “Expedição Científica nos Jardins do IMS Poços” será realizada no dia 10 de janeiro. A atividade consiste em uma visita mediada pela exposição que apresenta a produção do botânico alemão Carl Friedrich Philipp von Martius, seguida de uma expedição pelos jardins do local. No dia 16 de janeiro, acontece a oficina “Retratos e cenários com Chichico”, em que os participantes terão contato com retratos do fotógrafo Chichico Alckmin, para em seguida produzirem suas próprias imagens usando os aparelhos celulares. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3722-2776.

 

BRASIL

- Segundo Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil, o novo governo federal irá passar um “pente fino” no que considera uma movimentação incomum de exonerações e indicações e de recursos destinados a ministérios ao longo dos últimos 30 dias. O período contempla o fim da presidência de Michel Temer. A declaração foi dada em coletiva de imprensa após a reunião do Conselho de Governo, integrado pelo presidente Jair Bolsonaro, pelo vice Hamilton Mourão e pelos ministros de Estado. Na ocasião, Onyx também citou a intenção de vender imóveis da União, promover a nomeação de novos funcionários em sintonia com o governo e rever os conselhos que atuam junto à administração direta.

- Na última quarta-feira, dia 3, Jair Bolsonaro concedeu ao canal de televisão SBT sua primeira entrevista após a posse como presidente. Bolsonaro afirmou que pretende aproveitar a proposta de reforma da Previdência já em andamento na Câmara dos Deputados, pensando em uma idade mínima para a aposentadoria de 62 anos para homens e 57 anos para mulheres. Segundo o presidente, assim que a reforma for aprovada, o objetivo é aumentar em um ano a idade mínima atual, que é de 60 anos para homens e 55 anos para mulheres. Em seguida, a intenção é aumentar mais um ano em 2022.

 

MUNDO

- Diversas cidades do estado de Kerala, no sul da Índia, passaram por uma greve geral na última quinta-feira, dia 3. Diversos protestos eclodiram após a entrada de duas mulheres consideradas "impuras” no templo hindu de Sabarimala. No local, não é permitida a presença de mulheres entre 10 e 50 anos, norma que foi derrubada pela Suprema Corte indiana. Durante as manifestações, 600 pessoas foram presas, 15 ficaram feridas e ao menos uma morreu, segundo informações da agência de notícias Reuters. Em apoio a elas, cerca de 5 milhões de mulheres se uniram e formaram um cordão humano que chegou a 600 quilômetros.

COMENTÁRIOS